|Friday, August 14, 2020
You are here: Home » World » China começa a Aquisição da Europa

China começa a Aquisição da Europa 


A Espanha é o primeiro país a afundar. China vai executar uma ‘comprar’ ao estilo de Nathan Rothschild.

Sidney Morning Herald
Versão Português Luis R. Miranda

A China espera que a Espanha se recupere da crise económica e Pequim comprou a dívida pública espanhola, apesar do temor do mercado de um resgate de estilo irlandês, um alto funcionário chinês disse.

As observações do vice-premier Li Keqiang foram feitas em um artigo de opinião no jornal El Pais, um dia antes de sua chegada a Madri para uma visita oficial de três dias, o início de uma viagem pela Europa incluindo também a Grã-Bretanha e Alemanha.

“Desde que a China é um investidor responsável, a longo prazo nos mercados financeiros europeus, nomeadamente em Espanha, temos a confiança no mercado financeiro espanhol, o que resultou na aquisição de dívida pública, o que continuará no futuro “, disse ele.

“A China apoia as medidas tomadas pela Espanha para a sua regulação económica e financeira na firme convicção de que conseguiu uma recuperação económica global”, disse Li, que é amplamente favorito para ser o próximo primeiro-ministro da China.

Os investidores têm demonstrado a sua profunda preocupação com o déficit anual acumulado pelos gastos do governo espanhol de forma exponencial e sua forte dependência dos mercados obrigacionistas, que o levou a exigir maiores rendimentos.

A ajuda financeira no caso da Espanha é muito maior do que qualquer outro visto até agora na Europa: o tamanho de sua economia é o dobro da Grécia, Irlanda e Portugal juntos.

A dívida pública espanhola subiu para 57,7 por cento do PIB no final de setembro, ante 53,2 por cento no final de 2009.

A mídia estatal chinesa nesta segunda-feira também citou o embaixador chinês em Madri, dizendo que a China está disposta a fazer “esforços positivos” para ajudar a Espanha com sua recuperação econômica.

Li se reunirá esta semana com o primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero, e a ministra das Finanças, Elena Salgado, que “desempenham um papel fundamental” na estabilização financeira, a agência de notícias Xinhua citou o embaixador Zhu Bangzao.

As conversações vão se concentrar na expansão do comércio e da cooperação económica, o que contribuirá igualmente para “restaurar a confiança do mercado”, disse Zhu.

A economia espanhola é a quinta da União Europeia, e entrou em recessão no segundo semestre de 2008, segundo dados oficiais, após a crise financeira global agravou o colapso do mercado imobiliário, uma vez crescente.

A economia espanhola re-emergiu com um crescimento muito pobre de apenas 0,1 por cento no primeiro trimestre de 2010 e 0,2 por cento no segundo, mas depois estagnou, com zero por cento de crescimento no terceiro .

Many people like you read and support The Real Agenda News’ independent, journalism than ever before. Different from other news organisations, we keep our journalism accessible to all.

The Real Agenda News is independent. Our journalism is free from commercial, religious or political bias. No one edits our editor. No one steers our opinion. Editorial independence is what makes our journalism different at a time when factual, honest reporting is lacking elsewhere.

In exchange for this, we simply ask that you read, like and share all articles. This support enables us to keep working as we do.

About the author: Luis Miranda

Luis R. Miranda is the Founder and Editor-in-Chief at The Real Agenda. His career spans over 19 years and almost every form of news media. He attended Montclair State University's School of Broadcasting and also obtained a Bachelor's Degree in Journalism from Universidad Latina de Costa Rica. Luis speaks English, Spanish Portuguese and Italian.

Add a Comment