|Friday, August 14, 2020
You are here: Home » World » Países Europeios Confiscam Pensões dos Trabalhadores

Países Europeios Confiscam Pensões dos Trabalhadores 


Versão Português Luis R. Miranda

EUA não é o único lugar que está enfrentando uma grande crise com os fundos de pensão. O Christian Science Monitor presenta este relatório alarmante:

Os planos de pensões são uma fonte útil de renda para os governos que não querem reduzir os gastos ou privatizar. Como a maioria dos esquemas de pensões, na Europa estes são organizados pelo Estado, e os ministros europeus de Finanças tem um acesso mais fácil à poupança acumulada ali, e, claro, tentam conseguir esse dinheiro para seus próprios propósitos. Nas últimas semanas tenho observado cinco tentativas desse tipo: três estao relacionadas a planos de poupança privada e duas a fundos nacionais ou públicos.

O exemplo mais marcante é a Hungria, onde no mês passado o governo fez uma oferta que os cidadãos não puderam recusar. Eles podiam dar suas poupanças e pensões para o Estado, ou perder o direito à pensão mínima (mas ainda teriam a obrigação de contribuir para este fundo.) Deste modo, com extorsão, o governo quer ganhar o controle de mais de US $ 14 bilhões de dólares em aposentadorias e contas de poupança.

O artigo passa a detalhar a ilegalidade do esquema de pensões, na Bulgária, Polónia, França e Irlanda. Obviamente, este é um aviso para os Estados Unidos e outros países onde os governos controlam ou regulam os planos  de pensões. Se a austeridade fiscal torna-se um problema real, como na Europa – eu não acho que os parlamentares dos EUA ou qualquer outro país terao respeito pelos bens pessoais ou o dinheiro que antes era considerado sagrado. O governo tem o hábito de cuidar de si mesmo primeiro, segundo e terceiro.

Many people like you read and support The Real Agenda News’ independent, journalism than ever before. Different from other news organisations, we keep our journalism accessible to all.

The Real Agenda News is independent. Our journalism is free from commercial, religious or political bias. No one edits our editor. No one steers our opinion. Editorial independence is what makes our journalism different at a time when factual, honest reporting is lacking elsewhere.

In exchange for this, we simply ask that you read, like and share all articles. This support enables us to keep working as we do.

About the author: Luis Miranda

Luis R. Miranda is the Founder and Editor-in-Chief at The Real Agenda. His career spans over 19 years and almost every form of news media. He attended Montclair State University's School of Broadcasting and also obtained a Bachelor's Degree in Journalism from Universidad Latina de Costa Rica. Luis speaks English, Spanish Portuguese and Italian.

Add a Comment