|Friday, May 29, 2020
You are here: Home » World » Google Chrome apresenta opção para bloquear conteúdo

Google Chrome apresenta opção para bloquear conteúdo 


Em uma tentativa direta para facilitar o bloqueio de determinados conteúdos, Google oferece uma opção em seu navegador Chrome que permite aos usuários censurar conteúdos considerados “indesejáveis”.

NYT
Adaptação Luis R. Miranda

Google tem enfrentado críticas sobre a qualidade dos seus resultados de busca, porque eles normalmente incluem links para sites como eHow, que os críticos identificam depreciativamente como “fazendas de conteúdo” ou content farms.

Agora, o Google está dando aos seus usuários a possibilidade de bloquear sites em seus resultados de busca – e ‘ajudar’ para determinar quais sites são menos úteis para eles. Com essas informações Google pode modificar o seu algoritmo de modo que estes sites sejam listados em partes mais baixas nos resultados da pesquisa.

“Os usuários do navegador Google Chrome podem instalar uma extensão que permite que eles escolham bloquear determinados sites. Google vai considerar esses sites para ver o não perturbem ao usuário,” Matt Cutts, líder da equipe para combater o spam do Google, escreveu em um blog da empresa.

Quando os críticos se referem às fazendas de conteúdo, geralmente descrevem sites como eHow e Associated Content do Yahoo que publicam artigos sobre temas que as pessoas pesquisam no Google. Os artigos, o Google diz, oferecem conteúdo inútil.

Em uma recente entrevista antes do anúncio de segunda-feira, o Sr. Cutts disse que o Google está tentando determinar se um usuário está satisfeito ou não ao acessar uma página depois de uma pesquisa, e está trabalhando em algoritmos para a colocação de links que eliminem o acesso a

“fazendas de conteúdo ” nos resultados. A nova extensão pede aos usuários para informar o Google sobre os sites que eles não consideram não merecedores de seu tempo.

Blekko, um site de busca, já tomou medidas semelhantes. Apenas mostra os resultados de uma seleção de sites que os usuários do Blekko determinam como de alta qualidade, e esta página recentemente criou uma lista negra de sites, incluindo eHow e Answerbag, a partir de seus resultados.

Quando perguntado se o Google poderia bloquear sites inteiramente, o Sr. Cutts disse: “Ainda não chegámos a esta posição porque o nosso primeiro instinto é escrever algoritmos que tem limitem a aparição de ” fazendas de conteúdo “.

Many people like you read and support The Real Agenda News’ independent, journalism than ever before. Different from other news organisations, we keep our journalism accessible to all.

The Real Agenda News is independent. Our journalism is free from commercial, religious or political bias. No one edits our editor. No one steers our opinion. Editorial independence is what makes our journalism different at a time when factual, honest reporting is lacking elsewhere.

In exchange for this, we simply ask that you read, like and share all articles. This support enables us to keep working as we do.

About the author: Luis Miranda

Luis R. Miranda is the Founder and Editor-in-Chief at The Real Agenda. His career spans over 19 years and almost every form of news media. He attended Montclair State University's School of Broadcasting and also obtained a Bachelor's Degree in Journalism from Universidad Latina de Costa Rica. Luis speaks English, Spanish Portuguese and Italian.

Add a Comment