No entanto, a paternidade irresponsável de crianças e infâncias difíceis não são razões para justificar qualquer tipo de violência.

EDITORIAL O oficial Darren Wilson atirou e matou o jovem Michael Brown, na cidade de Ferguson; Missouri.

A razão pela qual Wilson atirou no Brown nunca será conhecida com certidão. Haverá muita especulação por um longo tempo, e o que o Wilson disse sempre será contrastado com o que aconteceu e o que a comunidade, especialmente a negra, pensa que aconteceu.

As pessoas vão continuar a especular sobre se Brown atacou ou tentou atacar o Wilson ou se foi o Wilson quem – com uma personalidade fraca para ser uma polícia armada abusou de seu poder e atirou no Brown a sangue frio.

Uma coisa e certa, Estados Unidos é hoje uma sociedade cheia de ódio, onde os brancos têm medo de negros e os negros desprezam os brancos.

Em última análise, no entanto, é importante entender que o conflito entre pessoas da mesma raça, a raça humana, não se origina de diferenças sociais, mas da falta de responsabilidade dos pais que não educam seus filhos corretamente desde o nascimento.

Existem pessoas negras que são mal educadas, como também existem brancos mal educados, Latinos mal educados e Asiáticos mal educados.

A sociedade americana hoje é um reflexo da falta de uma boa educação e, acima de tudo, a falta de pais responsáveis.

O oficial Wilson é diretamente responsável pela morte de Michael Brown porque ele atirou nele, mas os pais do Brown são tão culpados por não ter educado seu filho corretamente.

Provocar a im policial branco que tem a autoridade de usar a sua arma em qualquer situação que ele ache necessária, não é uma boa ideia em nenhum  lugar; não importa se você é negro, branco, Latino ou Asiático. Uma conversa educada teria resolvido o problema e Brown estaria vivo.

O mesmo é verdade para aqueles policiais que, com o seu corpo e mente cheia de químicos anabolizantes, abusam de seu poder para ensinar” uma lição a pessoas desarmadas que não öbedecen a sua autoridade.

A maioria dos policiais não têm a coragem de lutar mão a mão contra um cidadão desarmado. Ao primeiro sinal de uma “ameaça”, o policial usa o revólver contra qualquer negro, branco, Latino ou Asiático.

O problema é, penso eu, que não há uma definição clara do que é considerado uma “ameaça” antes de que um policial descarregue sua arma.

Por exemplo, um menino negro de doce anos, brincando com uma arma de plástico não deve ser considerado como uma ameaça, no entanto, um policial matou uma criança dessa idade porque sentiu-se ameaçado.

A única solução para acabar com a violência social de qualquer tipo é a paternidade responsável.

Mal educar os filhos, ou não educá-los, torna-os adultos inseguros, resultando em pessoas que fazem o que é permitido e muito mais para não refletir a sua insegurança.

Por favor, não jutifique a violência pensando que pessoas com infâncias difíceis que não podem superar esta dificuldade. Há negros, Latinos, Asiáticos e brancos que conseguem. Há muitos exemplos de pessoas de todas as origens que deixam favelas perigosas para se tornarem verdadeiros líderes.

Eu conheço muitas pessoas que, apesar de suas desvantagens, sairam de situações de abuso de drogas, álcool e violência.

A pobreza e a desigualdade não são razões para se comportar como degenerados, nem são justificativas para pedir clemência após cometer crimes.

Tenho toda a confiança de que não podemos ter responsáveis se esses adultos foram mal educados na sua infância. Não importa se você é branco ou negro.

Pais e mães precisam se educar antes que tentar educar os seus filhos.

Não é possível que pais usem o castigo corporal como uma primeira opção para “educarseus filhos. No entanto, nos Estados Unidos, por exemplo, crianças de 7 meses a três anos são brutalmente abusadas fisicamente por suas mães. Elas sofrem abuso físico pelo menos 18 vezes por semana; revelou um novo estudo. Como esperamos ter uma sociedade saudável, se permitimos o abuso físico de crianças indefesas?

Porque é imoral que um homem que, sem dúvida, foi abusado quando criança, bater na esposa, mas é permitido às mães abusar fisicamente de criaturas indefesas que nem sequer tem a opção de fugir?

No estudo referido acima, foram incluídos os resultados de gravações de pais que voluntariamente utilizaram dispositivos para gravar as interações com seus filhos. Mesmo sabendo que eles estavam sendo gravados, esses pais – na sua maioria mães – não esperaram mais de 30 segundos antes de punir fisicamente seus filhos com idades entre sete meses e dois anos, e quem nunca tiveram nenhuma chance de se defender.

Em vários estudos recentes foi compravado que o abuso físico na infância aumenta em cinquenta por cento a probabilidade de câncer. Não só crianças abusadas fisicamente são mais propensos a ser adultos violentos, mas também a sofrer perda de seu intelecto.

Por que é moralmente errado para um homem adulto bater numa mulher, mas ao mesmo tempo é compreensível abusar fisicamente de uma criança indefesa? Que tipo de sociedade rejeita a violência contra as mulheres, mas tolera a agreção fisica contra as crianças?

Se uma mulher é abusada fisicamente, o parceiro é chamado de monstro, e com razão, mas quando a mãe ou o pai abusam de seus filhos é visto como justificado. Uma mulher agredida pode, se assim o desejar, escapar do agressor. No entanto, o que pode fazer uma criança? A criança não pode simplesmente pegar suas coisas e fugir de casa. E se conseguir fugir, para onde irá? Para um lugar melhor?

Como muitos dos problemas que enfrentamos, a violência social só pode ser erradicada se os pais decidem assumir a responsabilidade der ser pais e educam seus filhos corretamente. Nenhuma escola, nenhuma religião e nenhuma norma social vai fazer mais efetiva do que um pai ou uma mãe que educam seus filhos de forma responsável.

Se você quiser aprender sobre as evidências científicas sobre as causas e consequências da violência social, visite o seguinte link: A Bomba no cérebro: As Verdadeiras Origens da Violência Humana e aprenda a ser um pai responsável.

Se você acha que o conteúdo do link foi benéfico, faça uma doação para o autor, que oferece seu trabalho em livros e podcasts gratuitos na web.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like

The middle class that vanished

  One of the giants of the South experiences the highest rates…

The TB pandemic that nobody sees, but that kills millions a year

  31.8 million people will have died by 2030 if tuberculosis is…