|Monday, September 24, 2018
You are here: Home » Português » O fim da civilização humana começa em 2020, prevê modelo de computador

O fim da civilização humana começa em 2020, prevê modelo de computador 


civilização

De acordo com um modelo de computador de 1973, o declínio da vida como a conhecemos começaria daqui a dois anos, em 2020.

Uma combinação de fatores como poluição ambiental, recursos disponíveis e crescimento populacional aceleraria o começo da extinção humana.

As pessoas responsáveis ​​pela destruição do nosso planeta, alguns dos quais inclui a indústria, os  acadêmicos e as organizações de notícias, sabiam das conseqüências de esgotar nossos recursos naturais.

Eles sabiam disso e não fizeram nada para impedir a pilhagem do planeta. Em vez disso, aproveitaram a oportunidade para consolidar, ainda mais, seu poder, dinheiro e recursos.

Enquanto isso, eles culpam o resto de nós por destruir a Terra com nossos padrões de consumo que eles mesmos, por décadas, nos pressionaram a atingir,

Eles possuíam e, ainda possuem,  o know-how e a riqueza para melhorar a situação, mas não o fazem porque isso significaria conceder controle, perdendo parte do poder que detêm hoje e reduzindo sua montanha de riqueza.

Para nos tornar servis e mais obedientes, eles criaram um conjunto de objetivos aparentemente promissores que, segundo eles, salvaria o planeta para as gerações vigentes e futuras.

Tal plano é explicado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

As metas da ONU tratam de vários assuntos relacionados à vida humana e ao desenvolvimento, incluindo vacinação forçada, englobar a chamada “diversidade” para justificar invasões em massa de diversas culturas, gerenciamento de água, eficiência energética, impor limites à liberdade de movimento e discurso quando considerado ” ofensivo “, limitar a pesca e o uso da terra e assim por diante.

Em seus manuscritos, a implementação dessas metas, que foram escritas pelas mesmas pessoas que destruíram e continuam prejudicando nosso planeta, busca obter o controle completo de cada área da vida humana, explica Kevin Shipp, um condecorado oficial da CIA.

Aos olhos deles, tudo o que é rotulado de recurso, incluindo humanos, deve ser controlado centralmente e gerenciado por eles, os poluidores.

É por isso que criaram a lista de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, para criar consciência sobre a destruição iminente do planeta que eles mesmos trouxeram sobre todos nós.

Nós, consumidores, fomos vítimas dessas práticas e dessa lavagem cerebral, mas não somos espectadores inocentes há algum tempo.

Os recursos do planeta estão, de fato, sendo esgotados e não temos exércitos ou tecnologias avançadas para retardar ou impedir seu declínio.

O único poder que temos está nas nossas carteiras e contas bancárias.

A única escolha que temos disponível é mudar nossos hábitos de consumo para nosso próprio bem e não entregar o planeta à tripulação destruidora que o explora há décadas.

Devemos obrigá-los a produzir com responsabilidade e a usar o avanço tecnológico que acumularam ao longo de 100 anos para desacelerar e controlar a destruição global sem abrir mão de nossa legitimidade nacional.

Você não precisa ser um especialista em questões ambientais para entender que renunciar à soberania nacional, um plano que os globalistas idealizaram desde meados do século 20, é apenas um truque para que eles possam assumir o controle total sobre tudo e todos.

Eles chegaram perto de alcançar esse objetivo, mas ainda não chegaram lá. É preciso ser um indivíduo de pensamento livre para entender o que está por trás daquilo que parece ser um objetivo pró-ambiente.

Basta perguntar a si mesmo:

1. Se os oligarcas corporativos quisessem salvar o planeta da desgraça, eles já não teriam feito?

2. Você pode realmente confiar nas pessoas que destruíram grandes partes do nosso planeta equilibrado para consertar os danos que causaram por causa da ganância e sede de poder?

3. Você não poderia fazer a diferença, encorajando outras pessoas que vivem na sua proximidade a participar de um movimento verdadeiramente livre para parar de comprar bens industrializados cuja produção causa a destruição do nosso planeta?

Você deve decidir.

Ou você entrega completamente sua vida aos destruidores que querem obrigá-lo a viver em apartamentos do tamanho de uma caixa de fósforo para que eles possam ter controle total de tudo, ou você pode começar a tirar o controle de suas mãos sendo um consumidor responsável.

Você escolhe.

About the author: Luis R. Miranda

Luis Miranda is an award-winning journalist and the Founder and Editor of The Real Agenda News. His career spans over 20 years and almost every form of news media. He writes about environmentalism, geopolitics, globalisation, health, corporate control of government, immigration and banking cartels. Luis has worked as a news reporter, On-air personality for Live news programs, script writer, producer and co-producer on broadcast news.

Add a Comment